Com o objetivo de promover, de forma voluntária, por meio de cursos de capacitação e eventos, a formação de futuros profissionais para a área tecnológica, o projeto ‘Novo Açores’ foi lançado em Santo Antônio da Patrulha no início de abril. A iniciativa é o resultado da parceria entre o Campus da FURG Santo Antônio da Patrulha, o Parque Científico e Tecnológico da FURG (Oceantec), a Prefeitura Municipal, o Conselho Municipal de Ciência Tecnologia e Inovação e a empresa de tecnologia DocService.

A ação surge a partir de constatações realizadas pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a qual indica que a procura, no Brasil, por profissionais na área de Tecnologia da Informação (TI) será de 420 mil pessoas até 2024;  no momento, o país forma cerca de 46 mil profissionais com esse perfil a cada ano. 

A primeira ação do projeto será o "Curso de Desenvolvedor Web", gratuito e em modalidade presencial, com carga horária de 30 horas e que será ministrado nas instalações da Unidade Bom Princípio do Campus Santo Antônio da Patrulha. Os interessados poderão realizar, desde já, suas inscrições pelo site. As aulas serão sempre aos sábados, manhã e tarde, no período de 19 de junho até 10 de julho. O curso tem como público-alvo estudantes e programadores iniciantes e focará nas linguagens HTML, CSS e PHP.

Durante essa primeira edição da iniciativa, devido à necessidade do atendimento aos protocolos da universidade perante o contexto pandêmico, serão ofertadas 15 vagas para garantir o distanciamento entre os alunos, evitando aglomerações e, consequentemente, criando um espaço mais seguro para o desenvolvimento das atividades.

 

Santo Antônio da Patrulha, um modelo para o desenvolvimento 

De acordo com Marlon Santos da Veiga, diretor da DocService, a meta é transformar o município e a região em um polo de inovação e tecnologia. Por meio do curso e dos profissionais formados e aprimorados pela iniciativa, o intuito passa a ser tornar a cidade uma referência na qualificação e retenção de novos profissionais da área.

Para o prefeito municipal, Rodrigo Massulo, a parceria representa o início de um novo momento para Santo Antônio da Patrulha. "Queremos estar no mapa da inovação e da tecnologia no estado. Para isso, precisamos capacitar nossa população", destacou o gestor.  

Kassiano Fraga, presidente do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, ressaltou que a iniciativa se soma a outras ações que estão sendo realizadas com o objetivo de capacitar o município para o ramo da inovação. “São essas atividades que possibilitarão a qualificação dos cidadãos para as novas demandas do século, bem como, é por meio das mesmas que se dá a atração e desenvolvimento de novas empresas e o fortalecimento das do setor produtivo local por meio da tecnologia”, concluiu. 

Já para Antônio Valente, diretor do Campus FURG-SAP, a chegada do Oceantec no município irá agilizar novas parcerias com empresas locais, do litoral norte, da região dos vales e metropolitana de Porto Alegre. A iniciativa, “dessa forma, contribui para o novo momento que vive a cidade, no qual a inovação é um dos grandes destaques”, disse o gestor. 

Segundo o diretor do Oceantec, Artur Gibbon, a localização geográfica de Santo Antônio da Patrulha e a vocação da região para a indústria metal-mecânica, de alimentos e calçadista, são os extratos produtivos que poderão ser beneficiados por meio das novas possibilidades em parceria que o cenário traz.