O curso  é voltado à formação de engenheiros com aptidões de liderança visando a atuação em importantes empresas brasileiras e multinacionais do setor agroindustrial, isto é, profissionais que além de excelente formação nas disciplinas tradicionais da Engenharia, sobretudo relacionadas às áreas de Ciências Exatas, Química e Alimentos, tenham a habilidade gerencial para propor soluções inovadoras para atender um mercado cada vez mais exigente. Para tanto, o curso busca a formação de engenheiros com uma visão interdisciplinar e com desenvolvidas capacidades interpessoais, aptos a realizar atividades técnicas, cientificas e gerenciais da mais alta qualidade.

SITUAÇÃO LEGAL: Aprovado pela Deliberação 032/2008 do COEPE.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 4230h

INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR:

Tempo mínimo – 5 anos

Tempo máximo – 9 anos

TURNO PREFERENCIAL DE FUNCIONAMENTO: manhã – tarde

OBJETIVO

Oferecer o curso de graduação em Engenharia Agroindustrial – Indústria Alimentícia, que possibilitará a formação de um profissional apto a atuar junto à indústria processadora de alimentos, em setores como cana-de-açúcar, orizicultura, carnes em geral, entre outros.

Fomentar o desenvolvimento de pesquisas aplicadas à agroindústria, objetivando o conhecimento de novas matérias-primas; novos processos industriais, bem como a transferência de novas tecnologias para a indústria.

Desenvolver o crescimento industrial e econômico da região de Santo Antônio da Patrulha.

Constituir um grupo de pesquisadores com vistas a contribuir na melhoria dos processos produtivos da agroindústria regional.

PERFIL VOCACIONAL DO ALUNO

O engenheiro agroindustrial da FURG será um profissional com formação geral, técno-científica e humanista, com capacidade para atuar coletivamente de forma ética, crítica e com responsabilidade social e ambiental.

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

A formação do engenheiro agroindustrial tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício de competências e habilidades, como aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à engenharia agroindustrial; analisar as matérias-primas relacionadas com a cadeia agroindustrial, com ênfase nos setores agroquímicos ou agroalimentar; processar as matérias-primas agroindustriais para obtenção de produtos finais de uso alimentar ou químico; utilizar os resíduos agroindustriais provenientes das indústrias da região para extração de princípios ativos de interesse; diminuir as altas taxas de desperdício nas cadeias agroindustriais com o uso de técnicas de controle de qualidade ao longo das diferentes etapas do processo produtivo; solucionar problemas logísticos, envolvendo armazenagem, distribuição e balanceamento de insumos agroindustriais, usando técnicas da Pesquisa Operacional; analisar com responsabilidade sócio-ambiental a viabilidade de projetos vinculados à engenharia agroindustrial; propor soluções para o tratamento de resíduos da agroindústria; atuar em equipe; buscar constantemente formação profissional.

ESTRUTURA CURRICULAR

O curso oferece matérias de:

Formação básica: Matemática, Física, Química, Eletricidade, Mecânica, Informática.

Formação geral: Humanidades e Ciências Sociais, Economia, Administração, Ciências do Ambiente.

Formação profissional geral: Química Analítica, Química Descritiva, Físico-Química, Operações Industriais, Processos Agroquímicos, Fenômenos de Transporte, Termodinâmica Química e Cinética e Cálculo de Reatores.

Formação profissional específica e matérias complementares: Bioquímica, Águas Industriais e de Consumo, Tratamento de Efluentes, Tecnologias Orgânicas, Tecnologias Inorgânicas, Engenharia de Segurança, Planejamento e Projetos e Estágio Supervisionado.