• slide-01.jpg
  • slide-02.jpg
  • slide-03.jpg

Na manhã desta segunda-feira (31/07), a volta à rotina escolar da rede municipal de Santo Antônio da Patrulha foi marcada pela realização do Seminário de Educação, realizado no auditório municipal Qorpo Santo, que deu início ás atividades previstas para o “Programa de Formação Continuada”, que será realizado ao longo do segundo semestre do corrente ano pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande (Campus FURG-SAP) e o Polo Universitário Santo Antônio.

Segundo a secretária municipal da Educação, Dalva Provenzi de Carli “O processo de formação de professores iniciou há um bom tempo em Santo Antônio da Patrulha, e agora estamos iniciando um novo caminho, pois o aprender deve ser contínuo..”

A coordenadora do Polo Universitário/SAP, professora Dilce Eclai de Vargas Gil Vicente e o diretor da FURG/Campus de Santo Antônio da Patrulha, professor Antônio Valente (EE/FURG) comentaram a importância do acesso aos cursos de graduação e especialização para a qualificação dos professores do município e da região. Eles se colocaram à disposição dos docentes na busca de aprendizado, com o intuito de oferecer o melhor aos alunos.

A Profª. Drª Darlene Webler (ILA/FURG), que atua no Campus FURG/SAP, apresentou o Programa de Formação Continuada, sob a sua coordenação, que buscará melhorar a qualidade da Educação Básica em Santo Antônio, nas diferentes áreas do conhecimento, tendo como temática central: educação, pesquisa, docência e inovação.

A manhã ainda contou com a palestra do Prof. Dr. Pedro Roque Giehl, da Fundação Liberato de Novo Hamburgo. Ele proferiu a palestra “Educação, Cidadania e Inovação nos contextos pós modernos – desafios e perspectivas. De acordo com Giehl  “a grande tarefa dos profissionais da educação é voltar a acreditar na capacidade do ensino, não ter medo de educar. Sermos profissionais, nos atualizarmos, sermos criativos para formarmos estudantes co-criativos, comprometidos com a mudança que o mundo precisa”, comentou.

Durante a tarde, os professores do 1º ao 5º ano e Pré-Escola participaram da roda de conversas: “O que podemos mudar na escola que não muda?”, com as professoras Ana Cristina Ritter Rauta da Secretaria Municipal de Educação de São Leopoldo e Gisele Susan Giacomim - Projeto EDUCOM.

Já os professores dos Anos Finais puderam conferir a palestra “Desafios de Processos de Aprendizagem nos Anos Finais” ministrada pelas professoras doutoras Darlene Webler (ILA/FURG) e Raquel Milani (IMEF/FURG).